Procurar

5 dicas de cibersegurança imprescindíveis para qualquer empresa

5 dicas de cibersegurança imprescindíveis para qualquer empresa

Com o mundo cada vez mais digitalizado, é importante seguir estas regras.

Vivemos num mundo em constante digitalização. Nas empresas, os documentos que, antigamente, eram guardados em pastas, estão a passar a ser guardados na cloud. E apesar de trazer inúmeros benefícios, como redução de gastos com cópias ou maior praticidade, tem uma grande desvantagem: maior vulnerabilidade a ciberataques.

No último ano, várias grandes empresas portuguesas sofreram graves ataques cibernéticos, como foi noticiado, o que nos leva a pensar nos outros tantos ataques que não vieram a público e nos gastos que os líderes já tiveram para lidar com este problema.

Entre estes ataques estão o phishing, as violações de dados, os ataques de malware, os ataques DDoS e os ataques de ransomware, assim como outros crimes cibernéticos.

Deste modo, disponibilizamos 5 dicas que os executivos devem ter em consideração na preparação para estas ameaças:

– Formação dos funcionários: tendo em conta que vários estudos mostram que o erro humano é das causas principais para estas violações de segurança, é crucial a implementação de práticas e regras nas empresas que vão desde ter requisitos de senha de alta segurança a executar protocolos de segurança de e-mail;

– Uso de vários métodos de autenticação: para que as empresas não dependam apenas de senhas, que podem por vezes não ser 100%confiáveis, a implementação de outros processos de autenticação, como resposta a uma pergunta de segurança, impressão digital ou reconhecimento facial;
– Manter os sistemas atualizados: sistemas e softwares desatualizados deixam as empresas mais vulneráveis a todo o tipo de ataques cibernéticos, porque os atacantes conhecem bem as vulnerabilidades destas versões mais antigas;
– Ter backups de tudo: desta forma, no caso de qualquer incidente, é sempre possível voltar a recuperar arquivos. E, tal como os softwares e sistemas, os backups precisam de ser constantemente atualizados;
– Ter estratégias de resposta preparadas: apesar de nunca ser possível ter certezas de que estaremos sempre seguros de ataques, os planos de resposta permitem responder e evitar mais rapidamente que se comprometam muitas informações. É importante ter alguém responsável por este tipo de planos.
– Usar uma solução de cibersegurança integrada: que gira os utilizadores de forma centralizada e proceda à sua autenticação e autorização, assim como dos computadores que fazem parte da empresa.
Apesar de tudo, a segurança cibernética é um tema cada vez mais pesquisado online e os indivíduos e empresas têm cada vez mais conhecimentos e adotam cada vez mais práticas para a gestão deste tipo de ataque.

Quer saber mais sobre a The Alternative Board e como podemos ajudar a gerir melhor o seu negócio? Torne-se membro! Clique Aqui

Posts Relacionados

Pesquisa

Posts mais Recentes

Categorias

Partilhar

Enviar Mensagem